Esse site mudará em breve

Estou fazendo mais uma reformulação nesse site – que espero ser a última :)

Em breve, ele vai deixar de ser “propriamente” um blog para ter um conteúdo mais profissional, com tudo o que eu produzo, tanto na parte acadêmica quanto na literária e de quadrinhos.

Sabe-se lá quando vou conseguir arrumar isso, mas espero que seja em breve ;)

Rage comics no Intercom 2012

Vou participar do Intercom 2012, que ocorrerá em Fortaleza de 3 a 7 de setembro. Apresentarei o artigo “Fffffffuuuuuuuuuuuu: o fenômeno das rage comics e sua relação com os quadrinhos”.

Quem quiser assistir à apresentação será muito bem vindo. Estarei na mesa 2 da sessão 1 do GP de Produção Editorial (6 de setembro, das 9h às 12h). Meu trabalho será o último a ser apresentado, mas estarei presente desde o início porque serei o coordenador da mesa (vale dizer que todas as pesquisas apresentadas nesta mesa serão sobre quadrinhos).

Para ler meu artigo, basta clicar aqui.

PS: Oficialmente, só pode participar do Intercom quem estiver inscrito no mesmo.

Revista “Imaginário” nº 2

Meu artigo “Nerds que riem de si mesmos: representações de um estereótipo através de tiras cômicas na Web” foi publicado na segunda edição da revista acadêmica Imaginário.

A “Imaginário” é uma publicação eletrônica ligada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que tem como propósito a divulgação dos estudos voltados à cultura pop e às artes visuais, como história em quadrinhos, grafite, humor, animação, fanzine e game.

Essa edição da revista é dedicada exclusivamente a artigos sobre quadrinhos. Quem quiser receber gratuitamente um exemplar pode solicitar à editora Marca de Fantasia ou clicar aqui para baixar diretamente.

Nerds que riem de si mesmos: vídeo e slide-show

Quando apresentei o artigo “Nerds que riem de si mesmos: representações de um estereótipo através de tiras cômicas na Web”, em 6 de setembro, no Intercom 2011, fiz uma gravação em vídeo como teste, para ver se seria interessante registrar a apresentação do trabalho “ao vivo” além de apenas o PDF.

A qualidade final não ficou das melhores (tanto que precisei colocar algumas legendas para ajudar na compreensão), mas achei que, como “projeto-piloto”, valia a pena publicar no blog (independente da eventual “vergonha alheia”).

Por conta da baixa qualidade do vídeo e, principalmente, do áudio, não foi possível disponibilizar o momento de perguntas e respostas posterior à apresentação, que teve bastante conteúdo interessante. Vou tentar melhorar a captação do vídeo nos próximos congressos (isso se alguém achar que realmente vale a pena fazer esse registro).

Vídeo da apresentação do trabalho:

PS: Caso prefira, o vídeo também está disponível no Videolog.

Slide-show:

Para ler o PDF completo do artigo, clique aqui.

Metacast: O meio acadêmico e o podcast

MetacastNão sei se todos conhecem o Metacast, o “podcast sobre podcasts”. O programa é produzido por meus amigos Dudu e Pablo e aborda vários assuntos referentes à mídia podcast.

Na edição que foi ao ar hoje, eu participo do programa falando sobre as pesquisas acadêmicas ligadas a podcasts. Falo também do artigo que apresentei na ABCiber (escrito em coautoria com o Pablo) e sobre possibilidades para futuras pesquisas na área. É um bate-papo descontraído que, espero, seja útil para quem quiser se envolver (ou já está envolvido) com pesquisas acadêmicas.

Ou, pelo menos, para que o pessoal que “odeia” a Academia possa desmistificar um pouco a “coisa chata” que todos acham que é uma pesquisa acadêmica.

ABCiber 2009 – dia 1

O primeiro dia do 3º Simpósio Nacional ABCiber foi bastante proveitoso. Infelizmente, perdi a palestra com Ollivier Dyens, que abriu o evento de manhã, mas consegui chegar a tempo da primeira rodada de sessões científicas. Bom… Eu tinha mesmo que chegar a tempo, já que, além de ter que me apresentar nessa primeira rodada, ainda fui pego de surpresa por um e-mail dos organizadores do congresso que me “elegeram” coordenador da minha sessão.

Apresentei o artigo O crescimento do podcast: origem e desenvolvimento de uma mídia da cibercultura, feito com coautoria com Pablo de Assis. As demais apresentações foram sobre Twitter e devo confessar que, apesar de ter um certo receio quanto a pesquisas de temas “da moda”, todos os trabalhos que vi nessa sessão foram bons e pertinentes (juro que não estou falando só porque o pessoal anotou meu Twitter e pode querer me dar uns cascudos amanhã; os artigos realmente foram bons).

Abaixo, a foto de todos os apresentadores reunidos para a sempre fatídica hora das perguntas, que acabou sendo um agradável bate-papo. A foto está meio tremida, mas eu sou a mancha na extrema direita.

ABCiber 2009 - eixo 5 - sessão 1 - Laíza Felix, Gabriela Zago, Raphael Garcia, Diego Casaes e Lucio Luiz

A segunda rodada de sessões também foi interessante. Eu encontrei três apresentações ligadas (em maior ou menor grau) à cultura participatória. Tudo bem que uma das pesquisadoras usou a expressão “cultura participativa” ao invés de “cultura participatória” (qualquer hora explico minha preferência e implicância por uma e por outra) e as demais não falaram textualmente sobre isso, mas foi bom ver que mais pessoas estão pesquisando sobre o assunto. Se não me falha a memória, na ABCiber 2008 só havia o meu artigo e mais um sobre essa questão.

Vale o registro de que o coffee break foi muito bom (especialmente graças a meu posicionamento estratégico diante da mesa dos pãezinhos). No final do dia ainda teve um coquetel com lançamento de livros, mas como já estava cansado (e não bebo) acabei voltando mais cedo para o hotel (o que me deu tempo de jantar no Black Dog, mas como essa não foi uma experiência acadêmica, melhor não citar por aqui).

pesquisas acadêmicas